Page 6 - Observa Magazine Julho
P. 6

AILD





                                     Associação Internacional de Lusodescendentes





                Aconteceu
                                                                                 rápido, mas aquele que vai
                 No dia 10 de Junho, Dia de Por-                                 acompanhado, com certeza vai
                 tugal, de Camões e das Comuni-                                  mais longe”. E nós queremos
                 dades Portuguesas, em que evo-                                  efetivamente chegar mais longe,
                 camos a nossa história, a nossa                                 não excluindo ninguém e envol-
                 pátria, a nossa presença no                                     vendo todos. Aliás, a AILD, é com
                 Mundo, a importância da nossa                                   agrado que vai observando que
                 língua, a nossa cultura e os Por-                               outras associações nos estão a
                 tugueses que estão espalhados                                   seguir o exemplo, introduzindo
                 pelo Mundo, a AILD promoveu                                     esta nova atitude no discurso.
                 uma LIVE dando voz às nossas                                    Ficou ainda o registo e tes-
                 Comunidades Portuguesas, no-   também, Gilda Pereira, Vice-pre-  temunho que estas e outras
                 meadamente, às associações e   sidente da AILD, Sónia Coelho,   ações, destes contactos, desta
                 dirigentes associativos de vários   Presidente do Conselho Cientí-  interação e envolvimento dos
                 países da europa e fora da euro-  fico da AILD e Cláudia Branco,   dirigentes associativos das
                 pa. Foram assim convidados da   Jurista da AILD.                comunidades portuguesas e das
                 AILD, Otília Torres da Argentina;   Foi sem dúvida uma conversa   associações, não só estimula a
                 Cristina Amaro da Dinamarca;   muito interessante e produti-    continuarem a desenvolverem o
                 Luís Chaves da Suíça e José    va, onde foi possível recolher   seu trabalho nos seus respe-
                 Paulo Peixoto do Luxemburgo.   informação muito importante,     tivos países de acolhimento,
                 Quisemos marcar esta data exa-  estreitar relações, permitir que   como também, ajuda a estreitar
                 tamente dando voz às associa-  essas associações e em especial   relações com Portugal, com as
                 ções, conhecendo a realidade de   estes dirigentes associativos   demais associações, entre comu-
                 cada uma, a realidade do país   se sentissem mais próximos de   nidades, promovendo a nossa
                 de acolhimento, o trabalho que   Portugal nesta data especial,   língua, a nossa cultura, gastrono-
                 têm desenvolvido no domínio    mas também, ficou a vontade      mia, vinhos, mas também, a cria-
                 associativo e também, ouvir a   de ambas as partes em manter    ção de dinâmicas extremamente
                 sensibilidade de como está a ser   contacto e estabelecer relações   importantes, com consequências
                 vivido nesses países a pandemia   de proximidade, tendo ficado   diretas e muito positivas para o
                 Covid-19, onde o tema da vinda   o desafio da celebração de     país. Como temos afirmado, a
                 destes compatriotas a Portugal   protocolos de parceria e coope-  AILD, tem estado muito atenta
                 nas férias de verão, também,   ração, que é desde o início da   e em contactos permanentes,
                 não ficou de fora.             existência da AILD, a sua grande   procurando dar um contributo
                 A moderar a LIVE esteve o      bandeira, pois, citando Clari-   efetivo, onde muitas vezes uma
                 Diretor de Comunicação da AILD,   ce Lispector, “Quem caminha   palavra amiga, pode fazer a
                 José Governo, tendo participado   sozinho pode até chegar mais   diferença.






        PAG  6   |   OBSERVA - MAGAZINE
   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11